Receita de Chester de Natal

Receita de Chester de Natal
Receita de Chester de Natal

Chester de Natal (Tradicional)

Aprenda a fazer um tradicional Chester Natalino, para deixar sua ceia ainda mais repleta.
Tempo de Preparo 1 d
Tempo de cozimento 1 hr
Tempo Total 1 d 1 hr
Ocasião Almoço, Ceia, Ceia Natalina
Cozinha Americana, Brasileira
Porções 6 pessoas

Ingredientes
  

  • 1 uni Chester 3,5kg
  • 6 dentes Alho triturado
  • 3 colher de sopa Azeite
  • 1 colher de sopa Molho Shoyu
  • 2 xícaras de chá Suco de Laranja
  • 1/2 colher de sopa Cominho
  • 1 unidade Cebola (Opcional)
  • 1 colher de chá Alecrim
  • 2 colheres de sopa Óleo
  • 1 colher de sopa Vinagre
  • 50 ml Água
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino a gosto

Passo a Passo
 

  • Corte a cebola ao meio e leve ao liquidificador junto do óleo, alho, vinagre e água;
  • Após bater bem, tempere o chester e coloque o restante dos ingredientes;
  • Coloque o chester dentro de um saco próprio para alimentos e deixe temperando por 24 horas;
  • Após a marinada, retire o saco do chester e o coloque em uma assadeira. Embrulhe com papel alumínio e leve para assar por 2 horas. Após esse tempo, retire o papel alumínio e deixe até dourar;
  • Atenção! Verifique se o chester já veio temperado
Palavras-chave dessa receita Chester, Chester Natalino, Chester para o Natal, Receita de Chester, Receita de Chester Tradicional

O Natal para muitos é a época mais esperada do ano, é o momento de reunir toda a família e amigos e preparar aquela receita de Chester de Natal deliciosa. É saborear e compartilhar aquele momento único e inigualável ao lado de quem se ama, não é mesmo?

Mas você sabe como surgiu a história da receita que além de unir pessoas incríveis, entrega todo aquele sabor inexplicável e saboroso? Conheça mais sobre a receita de Chester de Natal a seguir.

O que é Chester?

O Chester é um tipo de frango que possui as partes do peito e coxas bem carnudas. Além disso, é um tipo de frango que não possui muita gordura comparada aos outros frangos “normais”. Esse tipo de ave atinge sua idade de abate pesando cerca de quatro quilos, e 70% da carne do Chester está concentrada em seu peito e coxas.

Como surgiu o Chester de Natal?

Chester é o nome dado ao frango “melhorado” geneticamente através de cruzamentos de aves com características desejadas pelo mercado. Possui menor teor de gordura, maior taxa de proteínas e 70% de sua carne concentra-se nos peitos e coxas. A criação deste tipo de ave não é realizada em qualquer tipo de granja, pois requer grandes investimentos em infraestrutura e alimentação, reforçando o fato de pouca gente conhecer um Chester pessoalmente.

O Chester possui origem em uma linhagem de frango que foi trazida da Escócia para o Brasil em 1980. Poucos anos depois, ele passou a ser comercializado no país como concorrente do peru de Natal da Sadia – hoje, Sadia e Perdigão pertencem à BRF.

Você sabia?

Você sabia que os Cheaters de Natal possuem uma dieta de grãos 100% naturais, principalmente de milho e soja? Eles são alimentados com subprodutos animais, não são medicamentos; isto é, eles não recebem antibióticos, hormônios de crescimento ou esteroides para aumentar a velocidade de seu crescimento ou para aumentar seu peso. Seu tamanho maior é estritamente por causa de sua genética.

Seu tempo de criação é superior ao do frango convencional: o Chester é abatido quando tem em torno de 20 a 50 dias a mais que o frango normal.

Sua alimentação diferenciada e balanceada tratada por meio de vitaminas e minerais, é específica para as suas necessidades de desenvolvimento, o que o diferencia no tamanho das aves normais e carne.

Entenda as diferenças de Chester, Peru e Tender

O Chester de Natal se trata de um frango maior do que o normal, possuindo uma carne mais suculenta e deliciosa. Ele surgiu como uma alternativa barata do Peru. Mas, mesmo não possuindo um sabor tão parecido com a do Peru, é possível realizar deliciosas e incríveis receitas com o Chester.

O clássico Peru de Natal é uma ave de carne magra e macia, e é considerada a estrela da ceia natalina, mas também é uma carne bem mais cara. Isso porque se trata de uma ave mais robusta e com sabor de carne mais acentuado.

O Tender, por outro lado, trata-se de um pernil de porco defumado que parece muito com um presunto defumado. É a outra estrela da ceia de Natal.

Curiosidades da receita de Chester de Natal

Conheça algumas das principais curiosidade da receita do Chester de Natal:

  • É maior que o frango comum;
  • Não possui hormônios, conforme proibição da legislação brasileira;
  • Possui uma carne mais macia;
  • Seu sabor é mais suave em comparação com outras aves natalinas;
  • 70% das carnes são concentradas no peito e nas coxas, conhecidas como partes nobres da ave;
  • Possui menos gordura que o frango convencional;
  • Embora venha de uma linhagem de frango escocesa, o Chester é vendido somente no Brasil;
  • Apesar de só ser vendido no Natal, sua produção começa apenas em março.

Então, agora que você já descobriu as principais curiosidades e história do Chester, a ansiedade para a chegada do Natal só aumenta, não é verdade? Logo, para mais receitas incríveis para reunir toda a família e amigos, você poderá encontrá-los na Achou Gastronomia. Aproveite a deliciosa receita de Chester de Natal e boas festas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Avalie essa receita