Receita de Pavê Tradicional

Receita de Pavê Tradicional
pavê tradicional de natal

Pavê Tradicional

Se você ainda não escutou a piada do tiozão, é porque o tiozão que a fará é você. Afinal, é pavê ou pácomê? É pra celebrar o natal! E tudo que há de bom nessa data maravilhosa.
Aprenda a fazer um maravilhoso pavê tradicional para sua ceia.
Tempo de Preparo 20 mins
Tempo de cozimento 20 mins
Tempo Total 40 mins
Ocasião Ceia, Ceia Natalina, Sobremesa
Cozinha Americana, Brasileira, Inglesa
Porções 12 pessoas

Ingredientes
  

Creme Branco

  • 1 lata Leite Condensado
  • 1 lata Leite (mesma medida do Leite Condensado)
  • 4 unidades Gemas
  • 1 colher de chá Essência de Baunilha

Creme Chocolate

  • 1 lata Leite Condensado
  • 1 lata Leite (mesma medida do Leite Condensado)
  • 4 colheres de sopa Chocolate em Pó

Base de Biscoito

  • 1 pacote Biscoito Champagne
  • 1 xícara de chá Leite
  • 2 colheres de chá Chocolate em pó
  • 1 pitada Café Solúvel

Passo a Passo
 

Creme Branco

  • Leve os ingredientes do creme ao fogo, exceto a baunilha, mexa até engrossar. Apague o fogo e adicione a baunilha. Reserve.

Creme Chocolate

  • Leve os ingredientes do creme ao fogo, mexa até engrossar. Apague o fogo reserve.

Base

  • Misture o leite com o chocolate e o café. Molhe rapidamente os biscoitos no líquido.

Montagem

  • Em um refratário pequeno, coloque o creme branco, adicione por cima os biscoitos molhados, e por cima adicione o creme de chocolate. Repita o processo até acabar os cremes.
  • Por cima, na última camada, polvilhe chocolate em pó ou granulado.
  • Leve à geladeira por 3 horas. Sirva geladinho.
Palavras-chave dessa receita Pavê, pavê de natal, pavê tradicional, receita de pavê

Nada melhor para completar aquela ceia especial de Natal com a família toda reunida do que um pavê tradicional super delicioso bem feito. Há várias versões dessa receita saborosa, como: receita de pavê de chocolate, pavê com biscoito maisena, pavê com morango e entre outras.

Mas caso você ainda não esteja tão familiarizado com esta receita, não se preocupe, pois a receita que trazemos hoje é a receita de pavê tradicional super rápido e fácil. Mas você sabe como se originou esse tipo de doce? Conheça a seguir como surgiu esta receita que não pode jamais faltar em sua ceia de Natal.

Como surgiu o Pavê Tradicional?

O pavê é um doce de origem brasileira com uma inspiração francesa. Seu nome surgiu da palavra “pavage” que em francês significa “pavimento”. Esse nome se deve, pela forma em que a sobremesa é montada, com camadas de creme e biscoitos ou pedaços de bolo, lembrando o pavimento da construção civil.

O pavê é um tipo de torta gelada possuindo como base biscoitos, seja de champanhe, maisena ou massa de bolo suave, que podem ser embebidas em sucos ou licores.

Como de costume em diversos pratos, o pavê também sofre variações e cada pessoa pode dar aquele velho “toque especial” em sua sobremesa. Assim, surgem as opções com frutas frescas, calda, composição de chocolate ou avelã, sorvete e entre outras. E no Brasil a sobremesa é tão famosa que já se tornou tradicional nas festas de fim de ano, como a ceia de natal.

Nos anos 70, era bastante famoso o pavê de amendoim, também conhecido como torta paulistinha, onde o creme era feito com quantidades generosas de manteiga. Morangos, abacaxi e pêssego em calda também são um dos clássicos atualmente.

Quem criou o pavê?

Com uma base feita com bolachas ou bolo, é uma espécie de torta que pode receber camadas do que você desejar. E é incrível como talvez seja uma das sobremesas mais democráticas que existem e que apresenta várias versões ao redor do mundo todo.

Segundo alguns historiadores, esta deliciosa receita de pavê, foi um adaptação gelada do génoise, bolo em camadas originário da cidade de Gênova, na Itália. Já o biscoito champanhe, utilizado na primeira receita de pavê, foi criado em 1533 na Corte Francesa, durante o reinado de Catarina de Médici.

O pavê é por muitos também conhecido como torta de bolacha, e até os dias de hoje gera grandes comentários duvidosos sobre a verdadeira forma de chamar esta sobremesa.

Você sabia?

A ideia da sobremesa servida no final da refeição é relativamente moderna. Segundo alguns historiadores, o pavê se deu graças a Catarina de Médici, que em 1533 saiu de Florença para casar-se com o futuro rei francês Henrique II. A italiana levou para a França muitos livros de receitas e seus próprios cozinheiros.

Não apenas no Natal, mas é também comum em qualquer refeição familiar e com amigos a sobremesa de pavê. E sem abandonar aspectos fundamentais desse doce tão presente nas celebrações natalinas, os grandes confeiteiros apostam sempre em novos formatos e ingredientes para renovar o clássico pavê.

E caso você esteja super ansioso para se deliciar nesta saborosa e curiosa receita de pavê tradicional, aproveite para produzi-la para seu almoço ou jantar.E para quem ama inovar e desfrutar de novos sabores, é possível também encontrar, além desta, mais receitas deliciosas de pavê na Achou Gastronomia, como com maracujá e pavê de nozes com doce de leite.

Agora sim, é possível saborear esta deliciosa sobremesa de pavê tradicional conhecendo sua origem e os diversos tipos de ingredientes que o pavê possui. E para quem deseja reunir a família no Natal, aproveite para preparar a deliciosa receita de pavê tradicional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Avalie essa receita