Receita de Cuscuz Marroquino

Receita de Cuscuz Marroquino
Receita de Cuscuz Marroquino

Cuscuz Marroquino

Conheça e aprenda a como preparar o famoso e delicioso prato de cuscuz marroquino.
Tempo de Preparo 40 mins
Tempo Total 40 mins
Ocasião Almoço, Breakfast, Brunch, Café da Manhã, Café da Tarde, Festas Juninas, Jantar, Lanche
Cozinha Africana
Porções 6 Porções

Ingredientes
  

  • 1 copo americano de Cuscuz Marroquino (semolina) ou 250 gramas
  • 2 copos americanos de Água fervendo
  • 1 colher de sopa de Manteiga
  • 1 tablete de Caldo de legumes
  • 2 colheres de sopa de Azeite de oliva
  • 6 colheres de sopa de Cebola bem picadinha
  • 100 gramas de Amêndoas laminadas e torradas
  • 4 colheres de sopa de Uvas-passas
  • 4 colheres de sopa de Damascos picados
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • 2 colheres de sopa de Salsinha picada

Passo a Passo
 

  • Em uma frigideira com azeite, frite a cebola, o alho, acrescente as amêndoas e salteie, em seguida adicione as uvas passas e o damasco;
  • Em um refratário, dissolva o caldo de legumes em água fervente e adicione uma colher de manteiga, coloque todo o cuscuz nesta água, cubra e deixe descansar por 5 minutos para que o cuscuz absorva toda a água;
  • Junte a mistura de amêndoas ao cuscuz e misture bem, acertando o sal e colocando pimenta a gosto;
  • Salpique com salsinha picada.

Dicas extras do Achou para sua receita

Você pode, substituir as uvas passas, damasco e amêndoas por: 
1/2 kg de camarões pequenos, limpos e picados com 3 tomates sem pele e picadinhos. 
Palavras-chave dessa receita Cuscuz de milho, Cuscuz Marroquino, Cuscuz Paulista

A receita de cuscuz marroquino, é uma receita de rápido preparo com muitos detalhes e sabores bastante exóticos e inovadores, sendo composto por: amêndoas, uvas passas e damascos.

O que é cuscuz marroquino?

O cuscuz marroquino é uma iguaria árabe que foi trazida para o Brasil por meio dos africanos e se popularizou durante o período colonial. É um prato bastante saboroso, fácil de preparar e bastante nutritivo, que possui vários benefícios para a saúde, além de ser um prato bastante versátil, que pode ser incrementado com o que vier à mente.

A versão do oriente médio, trata-se de uma massa feita de semolina, também conhecida como semolina em grãos, geralmente utilizada nos pratos como um substituto do arroz ou quinoa. No Brasil, outros dois tipos de cuscuz são conhecidos como: o cuscuz nordestino e o cuscuz paulista. Feito à base de milho, o paulista é preparado com diferentes ingredientes, como: pimentão, ovos, frango, sardinha e tomate sendo servido frio. A versão nordestina é preparada com flocos de milho e servida quente.

De modo geral, é recheada com carne de sol e queijo, sendo servido juntamente de um café bem quentinho como refeição da manhã.

Vantagens de consumir cuscuz marroquino

Os ingredientes compostos nesse tipo de cuscuz, são bastante nutritivos, pois contêm: carboidratos bons, proteínas, vitaminas, minerais e fibras. As fibras ajudam no bom funcionamento intestinal e a promover uma maior sensação de saciedade. Outro ponto bastante positivo em seu consumo, é o selênio em sua composição, que promove ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento precoce. Confira mais a seguir algumas das maiores vantagens de consumir este prato:

Fonte de fibras e bom para o coração

Fonte de vitamina A e B1, esse prato estimula a produção de colágeno – melhorando a pele, cabelos e unhas -, previne o Alzheimer, evita o estresse e melhora o funcionamento do sistema nervoso. Também é rico em fibras, que ajudam a regular e melhorar o funcionamento intestinal e dão uma maior saciedade – uma ótima alternativa para evitar a compulsão alimentar. Por conta de seu efeito antioxidante, o cuscuz marroquino, também combate o envelhecimento precoce, melhora o desenvolvimento das células e previne contra o câncer.

Prato versátil, saboroso e de fácil preparo

Além de ser um prato bastante nutritivo, rico em benefícios à saúde, o cuscuz marroquino ainda é um prato de fácil preparo o que torna este uma de suas grandes vantagens. Basta hidratar bem o cuscuz marroquino em água fervente, temperada de sua preferência e deixar por alguns minutos até que ela absorva toda a água. Ele deve ficar com uma aparência semelhante a uma “farofa de bolinha” e assim, estará pronto seu cuscuz marroquino.

O que mais combina com o cuscuz marroquino?

De modo tradicional, o molho que acompanha o cuscuz, é um guisado de vegetais, ou também composto com carnes ou peixe. Na Tunísia, o preparo mais popular envolve a carne de ovelha, frutas secas, ervas aromáticas e outros demais temperos. Já no Brasil, a criatividade deve estar bem a vontade e no geral o alimento harmoniza bem com carnes e legumes. Pode ser usado no preparo do café da manhã, no almoço (sendo um bom substituto do arroz, do macarrão e da quinoa), no jantar ou no lanche da tarde.

Se você gostou de conhecer a saborosa receita do prato de cuscuz de quinoa e de seus benefícios, não perca mais tempo e prepare este delicioso prato. E para mais receitas como esta de pratos bastante enriquecidos no sabor, dicas de preparo e benefícios para a saúde, basta acessar a Achou Gastronomia, escolher a receita e prepará-la para qualquer ocasião do dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Avalie essa receita