Black Friday ou Fraude? McDonald’s e Burger King responderão na justiça por propaganda enganosa

A batalha das concorrentes por mais clientes na data pode custar caro: as companhias deverão responder a um processo administrativo e podem ser multadas pelo Procon, segundo nota divulgada pelo órgão vinculado à Secretaria da Justiça e Cidadania.

0

McDonald’s e Burger King se dão mal na Black Friday e responderão a processo administrativo, além de serem multadas. Segundo nota do Procon, a campanha das redes informava que os consumidores poderiam comprar lanches com desconto, desde que pagassem pelo aplicativo do Mercado Pago Brasil.

O problema é que o aplicativo estaria fora do ar em diversas lanchonetes do McDonald’s e do Burger King. Sem acesso ao app, os clientes não puderam receber os descontos e foram lesados.

O Procon-SP notificou hoje as redes por conta do aplicativo do Mercado Pago, que seria o meio de pagamento para ter acesso a promoção de lanches, estar inoperante.

A publicidade veiculada informava que o consumidor só teria direito a oferta caso fosse realizada pelo aplicativo, porém, segundo o Procon, as equipes de fiscalização verificaram que “várias lojas das referidas lanchonetes estavam com o sistema inoperante”. Mas o Mercado Pago, fintech que oferece soluções de pagamentos do grupo Mercado Livre, e parceiro das duas empresas nas promoções, sofreu instabilidades, chegando a ficar fora do ar nesta sexta-feira (29).

Em nota, o Mercado Pago informou que as transações de pagamento com Código QR nas redes parceiras para a campanha da Black Friday voltaram a funcionar “após um breve período de instabilidade no sistema”.

A companhia ainda afirmou que escalou equipes para estarem hoje nas lojas parceiras, a fim de esclarecer dúvidas e dar suporte a compradores e vendedores.

O Burger King também confirmou que as promoções oferecidas apresentaram instabilidade nos sistema de pagamento. Em nota, a rede de fast-food afirma que ambas as empresas estão trabalhando para que “situações como essas não voltem a ocorrer”. Devido à situação, a empresa informou que “reforça o seu compromisso em oferecer serviços de qualidade aos seus consumidores e vai manter as ofertas de 6 sanduíches por R$15 e 3 sanduíches por R$5 para todos os meios de pagamento, em todos os restaurantes participantes”.

O McDonald’s confirmou as instabilidades também:

“Preparamos a Méqui Friday usando o  nosso app e também algumas ofertas em parceria com o Mercado Pago. Essas últimas, devido à instabilidade inesperada do sistema, gerada pela grande demanda, ficaram indisponíveis em alguns restaurantes. Lamentamos o ocorrido com nossos clientes e reforçamos que estamos colocando todos os nossos esforços junto ao parceiro pra mitigar o impacto na experiência do consumidor”.

Apesar das reclamações, as redes continuaram servindo normalmente as ofertas especiais de Black Friday.

Entenda a promoção:

Tudo começou com o anúncio do “Bk” de suas ofertas realizadas para aqueles clientes que possuem o aplicativo Mercado Pago, de modo que, segunda-feira, por exemplo, os clientes puderam comprar qualquer sabor de casquinha por apenas R$ 0,50. Além desta, poderão ser adquiridos seis sanduíches por R$ 15,00. Com isso, a rede de lanches realizou o primeiro golpe contra a concorrência.

Após isso, chegou a vez do “Mc” contra-atacar, com mais de oito promoções diferentes, dando destaque aos dez cheeseburgers a serem vendidos por R$ 20,00 e aos dois clássicos da marca, os quais o consumidor pode escolher dentre as opções disponíveis, que sairão por R$ 4,90. A partir daí, a guerra foi decretada e trouxe consigo uma série de “memes”, ou seja, viralizando rapidamente entre os usuários no meio digital, que realizaram piadas em cima da situação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui